Histórico
 17/08/2008 a 23/08/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 15/04/2007 a 21/04/2007
 03/04/2005 a 09/04/2005


Outros sites
 Achados & Perdidos


Idéias & Mais Idéias
 





[ Tereza Yamashita ]






Eu nasci em 1965, em São Paulo. Sou de câncer e, no horóscopo chinês, serpente. Adoro plantas, literatura, cinema e gatos. Profissionalmente sempre trabalhei com livros, pois este universo me proporciona muito prazer. Sou designer gráfico: crio capas e projetos gráficos para livros e coleções de todos os tipos. Até hoje eu escrevi quatro histórias infanto-juvenis, sendo que duas delas em parceria com o Luiz Bras.






• design gráfico
• portfólio de literatura, de didático, de jurídico






[ Luiz Bras ]






Eu nasci em 1966, em Guaíra, SP. Sou de leão e, no horóscopo chinês, cavalo. Sou casado com a Tereza e também adoro livros, cinema e gatos. Temos uma filha, chamada Érica, e um felino, chamado Sansão. Eu também trabalho com design gráfico. Bia Olhos Azuis foi a primeira história que eu escrevi junto com a Tereza. Mas inúmeras outras virão, pode apostar. Idéias e mais idéias é o que não nos falta.
CV completo lattes


Onde encontrar livros







[ A Última Guerra ]



A Última Guerra
Luis Bras e Tereza Yamashita

"E você aí, todo confortável nesse sofá, nessa cama, ou seja lá onde você resolveu se acomodar. Por que não foi lá pra fora? Por que preferiu ficar aí com esse livro nas mãos? Você é mesmo um felizardo por não saber o que é uma guerra. Por nunca ter passado pelo que eu estou passando. Fome, frio, medo. E, agora isto: um homem com os olhos do diabo, perambulando pela cidade. Pelo que sobrou da cidade! De agora em diante, como é que vou poder dormir em paz sabendo que ele está por aí, à solta? O próprio..."






[A Poção da vida - fantasia e ficção científica]




Quando nós escrevemos A poção da vida, estávamos muito antenados em Harry Potter e nas Crônicas de Nárnia. Nós gostamos muito de filmes e de histórias mágicas, com toques de ficção científica, tipo Star wars. As aventuras com bruxas, duendes, princesas e máquinas do futuro são incríveis! O mundo mágico nos contagiou e acabamos escrevendo uma versão futurista dos velhos contos de fada.
Assim surgiu A poção da vida. Este livro mistura, de maneira irreverente, a fantasia dos contos de fada com as invenções malucas daficção científica.Nos contos de fada tradicionais, as famílias reais, os príncipes e os magos são todos certinhos e educadinhos, mas nesta história eles são meio maluquinhos e têm vários defeitos (como nós, às vezes): são vaidosos, arrogantes, egoístas… E também muito engraçados, pois o humor está em toda parte.No nosso livro, a história de três príncipes muito inteligentes, que vivem brigando (eles são irmãos), é contada pelo Gatino, um personagem meio gato meio homem. A história também é sobre um rei triste e atrapalhado metido a mago, que não consegue fazer uma única mágica correta e só leva bronca da rainha.Neste livro vocês encontrarão três reinos muito diferentes, muita diversão, muita magia, muitas máquinas estranhas, um baile à fantasia e as muitas maluquices que os três irmãos vivem aprontando.Esperamos que se divirtam com a leitura. Qualquer semelhança com a vida real NÃO é mera coincidência!






[Pituca e a chuva]


Pituca é uma menina muito alegre e sensível. Com seu melhor amigo, o ursinho de pano Trapinho, vive ora no mundo real ora no mundo da imaginação. Para ela, as nuvens podem ser muitas coisas: um dragão, uma tartaruga, uma locomotiva… E até um tanque de guerra! Mas os tanques de guerra, as bombras e os soldados são vistos no céu apenas quando a Pituca ouve os pais brigando. Nessa hora, ela prefere ficar bem agarradinha ao seu ursinho, longe de todos — longe da guerra dentro de casa —, observando a chuva e o vento. Porém nem tudo é tiro de canhão, balas perdidas e gritos furiosos. Ela, seus dois irmãos e os pais — e o Trapinho, é claro! — vão descobrir que, quando há amor, uma família pode sobreviver às piores tempestades. O livro contém também divertidas e alegres ilustrações de Teodoro Adorno, com a colaboração de Tereza Yamashita (colagens).



Se vocês quiserem saber mais sobre a longa jornada desse original nas editoras, basta conferir a minha Retrospectiva-mirim que está lá no Cronopinhos.







[ Nosso gato Desbotado ] 




Pessoal, acaba de sair do forninho, quentinho e colorido, o nosso segundo livro infantil: Nosso gato desbotado, em português. Primeiro ele foi lançado no México e agora está sendo lançado no Brasil, pela Callis Editora. O livro ficou maravilindo, com as supercoloridas e delicadas ilustrações da Graça Lima.
Do release da editora: Sansão é o rei da confusão! Este gatinho malandro encanta a todos, mesmo fazendo gato-sapato de quem lhe dá atenção. Ele pula, morde, mia, faz mil estripulias, mas desperta muita paixão. O livro tem ilustrações charmosas, uma linguagem bem-humorada, incluindo um refrão ao longo da história que dá ritmo à narrativa e cativa os pequenos leitores.
Dicas para os professores: abram espaço para a conversa sobre os animais de estimação e os cuidados que eles necessitam, façam uma pesquisa sobre os hábitos e as características dos gatos, conheçam as obras do artista plástico Aldemir Martins (que adorava pintar gatos), pesquisem nos livros de História quem foi Sansão.
Áreas do conhecimento: Língua Portuguesa e Ciências Naturais.

Mais informações:
http://achados.e.perdidos.zip.net
http://www.callis.com.br/






[ Lançamento do Balacobaco: Dias incríveis ]

São dezesseis minicontos bem-humorados, com um texto ágil e contemporâneo, que falam de situações engraçadas, fantasiosas ou até mesmo delicadas. Esses contitos giram em torno de dezesseis datas festivas e históricas do calendário: o ano-novo, o carnaval, a Páscoa, o dia Dia das Mães, o Dia dos Namorados, o Natal… No final do livro, o leitor encontra também informações e curiosidades sobre os dias que inspiraram a criação de cada história.

Indicado para leitores de sete a onze anos


Ilustrações de Teodoro Adorno

Curto-circuito camicase

Callis Editora: www.callis.com.br


 



 



[ Bia Olhos Azuis ]



Você precisa conhecer a Bia e o Duda, irmãos gêmeos vivendo a plena adolescência. As novas emoções, o divórcio dos pais, a separação do irmão que vai se aventurar na cidade de São Paulo, a primeira paixão… Bia está passando por tudo isso. Só que ela vê esses problemas com outros olhos. Com os olhos de quem está no escuro, pois ela é cega. Ei, não faça essa cara, não! Não precisa ficar com dó. A Bia é cega mas enxerga muito bem: com as mãos, os ouvidos e o nariz. Logo você vai ver que, para os cegos, os demais sentidos podem revelar o mundo, se usados conjuntamente.

 

Indicado para leitores de onze a catorze anos


Ilustrações de Rogério Soud

www.rogeriosoud.com.br

 

Editora Alaúde

www.alaude.com.br









[ Para onde vai a vida? ]

Joca Boca-Suja é o menor maior mentiroso da face da Terra. Por que o menor maior mentiroso? Porque ele é baixinho mesmo. Tem só dez anos, mas a sua cara-de-pau é gigantesca, bem maior do que a de muitos adultos que nós conhecemos. O problema é que, além de mentir descaradamente, o Joca acaba de fugir de casa para conhecer o mundo. Na verdade ele quer muito saber para onde a vida a vai, por isso resolveu seguir o seu destino. Até onde essa questão existencial irá levá-lo, só mesmo lendo o livro para descobrir.

 

Indicado para leitores de sete a dez anos

Ilustrações de Thais Linhares

Editora Lamparina

Telefax: (21) 2232-1768







[ Ossos ]

Este livro pertence à coleção Três Versões e traz duas histórias distintas, escritas por dois autores diferentes: Maria José Silveira e Luiz Bras. As duas aventuras nasceram da observação dos desenhos do mexicano Felipe Ehrenberg. Desenhos divertidos e bem-humorados que, protagonizados só por esqueletos, contam a terceira aventura. As duas narrativas desse livro — No reino dos ossos brancos, da Maria José, e Os ossos de Ísis, do Luiz — levarão você a outro lugar: ao mundo ora cômico ora assustador dos que já partiram desta pra melhor. Prepare-se para morrer… de rir.

 

Indicado para leitores de onze a catorze anos

Ilustrações de Felipe Ehrenberg

Callis Editora

www.callis.com.br







[ São Paulo e o imperador da China ]

A China ainda tem imperador? Claro que não. Mas então quem é esse chinês supermaluco que, sentado na frente do hospício, se diz imperador da China? Talvez ele não seja o imperador de lugar algum, mas com certeza é uma das pessoas mais divertidas e criativas que existem. E está louco para vir conhecer São Paulo! Mas para isso ele terá que sair do hospício, passar pela segurança do aeroporto e embarcar sem ser percebido… Este livro pertence à série Paralelepípedos, que terá vinte e sete livros, um para cada uma das vinte e sete capitais brasileiras.

 

Indicado para leitores de sete a dez anos

Ilustrações de Teodoro Adorno

Editora Alaúde

www.alaude.com.br








[ ver mensagens anteriores ]